Depois de ganhar a Série de Acesso do Crossfire, subindo para a primeira divisão, a Black Dragons consagra-se campeã do segundo split do CFEL, carimbando sua ida ao Vietnã disputar o CFS Invitational.

Durante o campeonato, o time chegou à Fase Eliminatória com a terceira melhor campanha da Fase de Classificação, seguido de quatro vitórias e quatro derrotas, portanto, ficando em quarto lugar no grupo. Assim, no presencial, o time teve de enfrentar os três times a frente dele: Brave e-Sports, INTZ e Rude, respectivamente.

O primeiro confronto contra a Brave foi um jogo bem disputado, todavia os dragões levaram a melhor na MD3, abrindo os dois primeiros mapas e seguindo para o confronto com a INTZ. Esse confronto, por sua vez, foi um pouco mais emocionante que o primeiro. No início, o time do capitão Vianna não teve dificuldade, conseguindo o primeiro mapa. Já o segundo mapa ficou por conta da INTZ, que conseguiu levar a melhor. Tudo então foi disputado no final mapa e a classificação para a final, que foi disputada no dia seguinte, decidida entre Black Dragons e Rude.

A BD começou a final abrindo logo os dois primeiros mapas, numa vantagem que fez com que os jogadores se sentissem mais seguros e tranquilos no campeonato: Viúva Negra (10×4) e Sub-base (10×06). Logo em seguida, mesmo em desvantagem, a Rude conseguiu emplacar os dois mapas seguintes, faltando somente o mapa México para definir o grande campeão do CFEL. Neste mapa, a Black Dragons voltou às suas forças iniciais do campeonato, ganhando e fechando o campeonato (10×06).

Além do título e da premiação de R$ 25 mil, o time se classificou para o CrossFire Stars Invitational (CFS) 2017 e para a 12ª temporada da CrossFire Pro League (CFPL), torneio na China que é considerado a liga mais forte do mundo de Crossfire.

Nossa Line-up:

Rafael “mnd” Mendes
Lucas “rsT” Franco
Willian “wil” Gomes Bello
Thadeu “vianna1” Vianna
Daniel “DANIMAL” Polidoro
Luiz “Otavio” Spínola
Vitor “miuww” Santana